sábado, 21 de novembro de 2009

Etapas do desenvolvimento fisiológico e o treinamento

O treinamento direcionado à criança e ao adolescente deve privilegiar interesses relacionados a cada faixa etária do desenvolvimento fisiológico, respeitando as peculiaridades inerentes a cada fase.(Weineck, 1991)
Na idade pré - escolar (3-7 anos), segundo Pini e Carazzatto (1983) a criança deve participar de atividades naturais como andar, saltar, correr, estando habilitado para realização de uma diversa gama de exercícios elementares, pois encontra-se com disposição e maturação suficientes.(Weineck, 1991).

Já na 1ª infância escolar (6/7-10 anos), Weineck (1991), com a altura e peso aumentando paralelamente, as crianças apresentam boas condições corporais, sendo esta fase propícia para aprendizagem de novas habilidades motoras, que devem ser repetidas até sua assimilação.(Demeter apud Weineck, 1991)

A pubersência é considerada, a fase da desproporcionalidade, que segundo Weineck,1991 é gerado pelo aumento de testosterona (nos meninos) e de outros hormÔnios, causando um aumento de massa muscular, atingindo diretamente a capacidade coordenativa. Nesta fase o treinamento deve conter estímulos prazerosos, pois com esta série de modificações ocorrendo ao mesmo tempo (bio - psico - sociais) o jovem tende a desmotivar-se com facilidade. (Weineck,1991)

Alcançando a adolescência, o jovem tem um aumento de força e uma melhoria nas ações coordenativas, bem como do aparelho locomotor, Weineck salienta, que aumenta cosideravelmente, a capacidade de suportar carga, e a condição geral de assimilar intensa carga corporal-esportiva, sendo o momento propício para o treinamento de técnicas específicas das modalidades esportivas.

Se faz necessário o entendimento desta fase de transição (6-7-10 / 11-14 /15 - 20), pois é a fase onde ocorrem as alterações funcionais da idade infantil, até chegarmos a maturação e assim a idade adulta.(Pini & Carazzatto, 1983).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário